Você está aqui: Capa / Sobre o Blog

Sobre o Blog

Ao longo dos últimos anos a mídia brasileira tem apresentado vários canais de informação, reflexão, entretenimento e espaços para diálogos sobre política brasileira e política regional.

Durante o mesmo período tenho participado de mesas redondas, debates e entrevistas nas quais as reflexões apresentadas nestes momentos ficaram incompletas devido ao tempo curto disponível, quando se dispõe de durações apenas para fazer afirmações rápidas, resumindo avaliações que requerem detalhamentos, mas o tempo exíguo os impede, pois tornaria o discurso inviável e a argumentação desconexa.

A ideia para a criação deste Blog veio da Analista de Relações Internacionais, especialista em Cooperação Internacional e no combate ao Tráfico de Seres Humanos e Órgãos, Daniela Alves, que levantou a necessidade de preencher o vazio que fica após as entrevistas, debates e mesas redondas das quais eu participo e não posso esclarecer aspectos e razões das respostas que ofereço e se mostram necessárias, pois são esclarecedoras de questões que afligem parte dos cidadãos brasileiros, tais como, se “ainda há espaço para ideologias”; “o que é a Democracia, já que todos se dizem democratas”; “porque certos líderes ditos de esquerda na America Latina não são democratas, ou nem mesmo esquerdistas”; “no que consiste ser de direita, ou esquerda”; “se ser de direita é contraditório com a defesa dos direitos humanos”, ou seja, questões que não são tratadas em quase todos os espaços de mídia, pois demandam tempo para explicá-las, cada vez maiores devido a pouca reflexão teórica que ocorre na sociedade, graças principalmente a manipulação dos conceitos feitos pelos grupos que tomaram o poder e impedem qualquer consideração com estratégias variadas e pela demonização dos demais matizes do espectro ideológico que não sejam da mesma cor dos grupos que governam.

Estes problemas precisam ser tratados e, neste cenário, aceitei a incumbência de trabalhar para a criação de mais um canal de esclarecimento sobre política brasileira e política regional, no caso específico, política riograndense. Com relação à política internacional, universo sobre o qual me dedico como especialização, deixei para tratar no CEIRI NEWSPAPER, “Think Tank” da empresa da qual faço parte.

Mesmo que haja vários Blogs com o mesmo intuito no Rio Grande do Sul, diga-se de passagem, com excelentes níveis, tanto à esquerda quanto à direita, acredito que será possível contribuir com a reflexão do cidadão brasileiro e gaúcho, discutindo problemas e refletindo sobre temas e problemas que são essenciais para a concreta ação da cidadania.

O Blog, na realidade já está sendo trabalhado há 10 meses, tendo ficado no ar um curto período de 2 meses, quando algumas pessoas me elogiaram, fizeram propostas e se sentiram motivadas a lançar os seus, com propostas semelhantes, ou estruturas próximas, tendo alguns gentilmente me comunicado a respeito. Ele foi retirado para definição mais adequada de seu conteúdo, para evitar que se sobrepusesse aos assuntos dos quais trato em outros veículos. Por isso, neste momento ele está liberado e espero que consiga se rum motivador a mais para o trabalho coletivo em prol da cidadania. 

Na estrutura geral haverá espaços que considero importantes:

  1. um sobre POLÍTICA NACIONAL, discorrendo acerca dos debates, dos projetos, reflexões sobre possíveis intenções subjacentes nos discursos políticos, além de trazer notas sobre fatos e acontecimentos brasileiros que precisam ser noticiados e explicados;
  2. um sobre POLÍTICA GAÚCHA com o mesmo tratamento dado à política nacional, acrescido das questões atinentes as relações entre o governo deste Estado e os governos das subunidades municipais, tanto entre estas e o governo estadual e como também em seu relacionamento com o governo federal;
  3. outro espaço chamado de DIÁRIO DE BORDO, onde serão tratados aspectos da vida cotidiana que me chegam por meio de pessoas, cidadãos que apresentam seus problemas e nunca são disseminados em lugar algum, uma vez que não há espaços para ele, por serem considerados irrelevantes para os teóricos. Normalmente eles são vistos como tais, por serem as mulheres e os homens do dia-a-dia que estão nas estatísticas dos institutos governamentais como cidadãos, mas são apenas números da população e não têm voz para a cidadania. Curiosamente, esses são os seres reais. Será um espaço para eles, desde que assumam o que declaram, que se identifiquem corretamente, bem como os seus relatos de experiências e aspectos do dia-a-dia. Diria que é a barca da viagem coletiva de todos nós, homens comuns, mesmo que nos iludamos de que não somos graças aos nossos lindos cartões de apresentação de professores, Doutores, Phds (que é o mesmo que doutor, mas… porque um pavão evitaria de se dizer assim em pleno sol, no meio do zoológico?) etc.. Apesar de não entendermos dessa forma, somos todos comuns, sim! Até os mais flexíveis moralmente devem saber que as vagas para lucrar com a bajulação ao poder são poucas e aqueles que não as ocupam, mesmo que sejam ingênuos apoiadores míopes, que sejam cegos, ou talvez fanáticos, queiram ou não, estão na barca do homem comum e, cedo ou tarde, sofrerão os efeitos das turbulências pelas quais ela passa;
  4. um espaço denominado META-REFLEXÃO, afinal, nada mais necessário para ser respeitado na Academia brasileira que refletir sobre a reflexão alheia. Neste espaço serão apresentados da forma mais simplificada possível os conceitos que possam ter sido citados em algum lugar e não houve tempo para desenvolvê-los, ou explicadas algumas reflexões alheias. Não se pretende fazer um exercício de teorização, mas sim de explicação do que foi usado, desenvolvendo uma meta-reflexão. Alguns diriam que o correto seria metateoria, mas para teorizar sobre a teoria alheia já dispomos no Brasil de muitas Academias, por isso é melhor apenas refletir sobre a reflexão dos outros.
  5. o espaço para a cultura, que se subdivide em três: para CRÔNICAS, para FILMES e para LIVROS. O objetivo é simples, ilustrar com CRÔNICAS as situações do cotidiano que não foram apresentadas por cidadãos. Pretende-se com isso usar de um meio para tornar mais clara a realidade do povo brasileiro. Discutir FILMES que possam trazer elementos para reflexão, sem firulas, pois os filmes escolhidos serão exatamente aqueles que quase todo mundo gosta, menos os gênios excepcionais da crítica especializada e altamente intelectualizada que os rejeitam, juntamente com os excepcionais especialistas acadêmicos. Nos LIVROS, pretende-se estimular a leitura daqueles que se acredita poderem trazer elementos para o entendimento da realidade, razão pela qual não serão distinguidos teóricos consagrados dos cronistas, dos literatos de toda natureza etc. que tratam das questões mais próximas do cotidiano; 
  6. O último espaço será para postar as entrevistas, gravações de debates e mesas redondas para que sejam observadas algumas das questões tratadas e estimule a reflexão por meio destes outros canais de informação que são o rádio e a TV. 

Não sou filiado a partido político e não defenderei qualquer legenda, razão pela qual creio ter liberdade para observar as ações dos líderes e seus grupos, independente dos credos daqueles que a cometeram.

Espero que, com este Blog, organizado de forma a contemplar aspectos da vida política brasileira e riograndense, bem como questões políticas do dia-a-dia, eu esteja contribuindo para o crescimento da cidadania brasileira, meu principal objetivo como formador de opinião e cidadão.

Marcelo Suano

Um comentário

  1. Bom dia !
    Professor Marcelo, estou realizando um trabalho sobre a Farc, gostaria de sabe se senhor tem alguma fonte onde eu posso pesquisa sobre tal assunto.
    desde já agradeço sua atenção

Deixe uma resposta

Scroll To Top